9 de jul de 2009

Não saia... Desapareça....


Apenas diga adeus... Não faça saídas memoráveis, nem extravagantes, saia em silêncio, de mancinho, de uma forma, que fará falta depois de muito e muito tempo... Saia triunfalmente, de uma forma que jamais poderás ser esquecido, e depois de estar bem longe, de uma forma que não poderá mais se lembrar de ninguém, olhe pra traz pela ultima vez e sinta, o ultimo pingar de saudade, escorrendo em seu rosto, junto de suas lagrimas suaves e transparentes..

Um comentário:

  1. você sabe que me apaixonei por essas palavras, já as li e reli centenas de vezes, e ainda assim não canso de fazê-lo... perfeito

    ResponderExcluir